Se há uma coisa em que Engenheiros, Arquitetos e Gestores de Construtoras concordam é o uso da laje em qualquer construção. Afinal de contas, a laje aumenta a resistência da obra, garante melhor isolamento térmico e acústico e facilita os serviços na fase de acabamento do empreendimento.

No entanto, como escolher qual tipo de laje é adequado para a sua obra? No post de hoje, você vai entender, de uma vez por todas, o que significa o conceito de laje pré-moldada, quais os tipos existentes e quando devem ser usadas. Vamos começar?

 

Laje Pré-Moldada

É um tipo de laje que já chega pronta ou quase concluída na construção. Nela, são utilizadas pequenas vigas em formato de T de cabeça para baixo ou invertido. Em seguida, é encaixado um segundo elemento, isto é, um material que aumenta a resistência da laje. É essa matéria-prima que diferencia os tipos de laje pré-moldada, que são:

 

Lajes Treliçadas de Lajotas de Cerâmica

Neste tipo de laje, as pequenas vigas possuem uma armadura superior, em forma de treliça, colocadas lado a lado e preenchidas com lajotas de cerâmica.

Usar o material com cerâmica torna o serviço de vencer pequenos vãos mais barato. Logo, você pode utilizar as lajes treliçadas para construir pequenas residências ou outras obras de menor porte e menos complexas.

 

Lajes Treliçadas com Isopor

A diferença deste tipo de laje para o anterior é somente o material. Eles são leves, de fácil montagem e a instalação de conduítes e tubos é mais simples do que ao utilizar as lajes tradicionais. A vantagem de implementar este material na sua laje é que ele melhora o isolamento térmico e acústico. Dessa forma, além de baratear o custo da sua obra, sua empresa agrega valor aos empreendimentos construídos.

Sua aplicação é excelente para residências e pequenos prédios, pois a laje treliçada com isopor oferece mais conforto que os materiais mais tradicionais.

 

Lajes Alveolares

É uma ótima alternativa para quem realiza construções de maior porte. As lajes alveolares são compostas por painéis protendidos, isto é, sua armadura é feita de cabos de aço de alta resistência, tracionados e ancorados no próprio concreto. Este tipo de laje vence grandes vãos. Logo, evita-se a formação de rachaduras e de outros tipos de fissuras, melhorando a qualidade da obra e evitando retrabalhos, principalmente em empreendimentos que são expostos a ambientes agressivos (água do mar, por exemplo).

O uso desta laje também é aconselhável na construção de grandes pontes e edifícios que possuem técnicas de construção mais complexas.

 

Quais são os benefícios das Lajes Pré-Moldadas?

Você viu que há diferentes tipos de lajes pré-moldadas, não é mesmo? Embora os materiais sejam diferentes, você percebeu que há algumas vantagens idênticas nestas técnicas de construção? Como benefícios, temos processos construtivos mais rápidos, segurança, eficiência e economia de custos, agregando valor aos seus empreendimentos.

 


 

 

A escolha do melhor tipo de laje deve ser feita pelo arquiteto e pelo engenheiro da obra. Eles conhecem todos os detalhes da construção e conseguem tomar a melhor decisão para o seu empreendimento. Agora que você já sabe tudo sobre a laje ideal para o seu projeto, que tal compartilhar suas ideias, perguntas e sugestões sobre o tema? Interaja nos comentários, dê sua opinião!

Veja também: