O concreto é parte fundamental de uma obra como já mencionado aqui; e uma das maiores preocupações de engenheiros e arquitetos é que esse composto possa apresentar com o passar do tempo, algumas patologias. Elas são nitidamente percebidas quando o material apresenta sinais de fragilidade ou deformações, que podem comprometer sua estrutura e principalmente a capacidade de suportar as demandas de cargas, antes previstas pelo projeto.

As patologias podem ser desencadeadas por diversos problemas como: impactos, sobrecargas, movimentação térmica, abrasão, exposição a ambientes marinhos, entre outras situações desfavoráveis à vida útil do concreto. Tudo isso deve ser levado minuciosamente em consideração para que a correção venha a ser realizada com sucesso e a técnica mais conveniente seja aplicada como recurso.

Hoje vamos relacionar alguns sinais de alerta para que assim fique mais fácil a identificação do problema.

 

Corrosão das Armaduras

27-patologiasconcretodrengenharia_2

É um processo de deterioração que gera o enfraquecimento das ferragens do concreto armado, também capaz de reduzir a resistência aos esforços mecânicos de uma estrutura. A corrosão geralmente é causada pela cobertura insuficiente da armadura ou pela porosidade do concreto, permitindo assim que a umidade e outros agentes agressivos do meio externo entrem em contato com o material.

A indicação é de que o adensamento seja feito de forma adequada, de forma que nenhuma parte da armadura fique exposta e que o concreto esteja denso e sem poros, desse modo, dificilmente surgirão problemas de corrosão de armaduras.

 

Esfarelamento do Concreto

27-patologiasconcretodrengenharia_3

A baixa resistência do concreto causa seu esfarelamento. Diversos fatores podem causar essa patologia, e entre os mais comuns estão: a dosagem incorreta dos compostos, traço, o excesso de água e materiais de baixa qualidade. A melhor forma de evitar esse tipo de problema é utilizar argamassa de qualidade.

 

Falhas ou Ninhos

27-patologiasconcretodrengenharia_4

Também chamadas de Ninhos do Concreto, são descontinuidades da concretagem, lacunas na massa do concreto. Esses vazios no concreto permitem a entrada de umidade e de outros agentes que fatalmente causarão a corrosão de armaduras.

Os ninhos são causados por deficiências no adensamento, como falta de vibração no concreto ou falhas no lançamento, que pode acabar separando os componentes do concreto. Utilizar vibradores adequados e fazer o lançamento o mais próximo possível, previnem e evitam essa patologia, o uso do concreto auto-adensável também reduz o tipo de incidência.

 

Expansão dos Componentes do Concreto

27-patologiasconcretodrengenharia_5

Podemos explicar essa patologia como sendo uma reação química dos compostos agregados com os compostos do cimento, chamados de álcalis. Essa reação química causa a formação de um gel expansivo capaz de causar a quebra da estrutura do concreto.

O contato da umidade com o concreto por períodos longos causa possível problema que pode ser facilmente evitado ao proteger a superfície com selantes ou tintas impermeáveis

As patologias do concreto podem causar sérios acidentes estruturais. Por isso é tão importante que todos os processos da obra sejam rigorosamente acompanhados de acordo com o projeto para garantir a qualidade dos serviços.

Outro aspecto que não pode ser negligenciado são as inspeções periódicas da estrutura, pois elas determinarão de tempos em tempos as condições estruturais do concreto.

 
 


 
 

E você? Conhece mais algum problema que possa surgir neste âmbito? Já resolveu algum? Conte-nos sua experiência!
Curta e compartilhe nossa página no Facebook!

Veja também: