Em um mercado cheio de altos e baixos como é o brasileiro, as engenharias, em suas mais diversificadas áreas, continuam atraindo estudantes e profissionais que buscam se encaixar nas melhores empresas e garantir uma carreira de sucesso com aquilo que o setor proporciona. Para os anos seguintes, o mercado de engenharia deve passar por algumas alterações, que embora não muito impactantes, trarão as tendências interligadas aos avanços da tecnologia que devemos encontrar em um futuro próximo.

 

5 áreas de destaque para o mercado de engenharia

 

1. Biomédica

Medicina é atualmente no Brasil a graduação mais concorrida nas principais universidades do país, seguida por cursos que incluem na sua grande maioria as engenharias.

Como tendência a esta evolução profissional, uma área que deve ganhar força nos próximos anos é a engenharia biomédica. Unindo medicina e engenharia, os profissionais com esta qualificação terão uma versatilidade muito requerida pelos maiores grupos do setor de saúde do país. Mesmo tratando-se de uma grande tendência para os próximos anos, o curso é ainda pouco difundido no Brasil e poucas instituições oferecem esta graduação, fator que deve mudar rapidamente.

 

 

 

 

2. Mecânica

A engenharia mecânica é uma da mais versáteis que existem, um dos motivos para ser um dos cursos mais procurados pelos jovens. O setor automotivo, hoje em certa crise, deve continuar a ser um dos destaques do setor mecânico nos próximos anos, que traz tendências de grande crescimento para o setor de energia.

O setor energético deverá ver inovações com relação à utilização mais eficiente de seus recursos. As máquinas deverão ser otimizadas com relação a fatores de temperatura e pressão e ver seu funcionamento gerar mais trabalho utilizando menos recursos, algo que em termos de sustentabilidade irá impactar positivamente todos os setores do mercado e já se mostra ser a grande tendência para todos os ramos nos próximos anos.

 

 

 

 

3. Mecatrônica

Seguindo as tendências da tecnologia, a engenharia mecatrônica deve ser uma das áreas mais requisitadas dos próximos anos. Combinando os princípios da mecânica e computação, cada vez mais as máquinas passarão a ser controladas por programação específica e deixarão de lado serviços manuais.

Mesmo com os impactos que poderá causar devido à substituição de pessoas por equipamentos automatizados, a mecatrônica certamente irá crescer muito e se tornar umas das principais engenharias em um futuro próximo no Brasil.

 

 

 

 

 

 

4. Computação

Desde a criação dos primeiros computadores, o setor de computação vem em grande ascensão e deverá continuar neste ritmo por muito tempo. As novas tecnologias surgindo a todo momento estão diretamente ligadas a este setor, e a demanda por profissionais está cada vez mais alta.

Diferentemente da ciência da computação, que atua mais focada em software, a engenharia da computação é mais ampla e alia estes conhecimentos à parte mais física, dos hardwares. Em busca de suporte mais completo, as empresas deverão visar cada vez mais estes profissionais em seus quadros de funcionários, independente do ramo de atuação da companhia.

 

 

 

 

 

5. Civil

A engenharia civil é uma das áreas que mais forma profissionais atualmente no Brasil, muito devido ao seu amplo mercado e construções acontecendo a todo tempo e lugares. Em decorrências do mercado amplo, os jovens vêm buscando cada vez mais o setor civil para se graduar, o que torna incerto o que este crescimento poderá acarretar nos próximos anos, já que a demanda de trabalho pode não crescer no mesmo ritmo, embora seja certa a manutenção de muitas construções pelo Brasil.

O que deve passar por algumas reformulações nos próximos anos, não só no setor civil, mas em geral, é a forma como as instituições de ensino irão preparar os novos profissionais. Estudos de empreendedorismo e do ambiente que nos cerca devem ganhar destaque em meio ao conteúdo mais técnico e aumentar as qualificações dos futuros profissionais que se colocarão em um mercado de engenharia cada vez mais seletivo e dinâmico.

 

 


 

 

E aí? Curtiram nossa matéria? Interaja nos comentários, convide e marque seus amigos e não deixe de ficar por dentro de tudo que rola na área de engenharia, construções, arquitetura e projetos ornamentais.

Veja também: