A sustentabilidade está relacionada a ações que têm o objetivo de suprir as necessidades dos seres humanos, porém sem causar danos ao meio ambiente. É um tema que está sendo incluído em diversas áreas, como a construção civil.

Nesse campo, são diversos os materiais disponíveis, e uma das opções é o concreto sustentável. É um produto muito utilizado em obras, pois é ecologicamente correto e também economicamente viável.

Que tal saber mais?

O que é o concreto sustentável?

É um tipo de concreto desenvolvido pelo Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) que utiliza uma grande quantidade de materiais reaproveitados, como pneus triturados e sílica de casca de arroz.

Ao contrário do concreto tradicional, que utiliza cimento, pedra, areia e água como principais componentes, o sustentável substitui esses elementos por produtos naturais ou recicláveis — a areia, por exemplo, é substituída em 70% por areia de fundição, que é constituída por escória e reduz em grande quantidade o consumo de água.

 

Quais os benefícios do concreto sustentável?

A grande vantagem do concreto sustentável é a extinção do descarte de rejeitos industriais no meio ambiente, como a escória. Esses resíduos podem contaminar as águas subterrâneas e os solos, levando ao desequilíbrio ambiental.

Também evita que a areia seja retirada da natureza — o concreto tradicional utiliza areia do leito dos rios, causando o assoreamento e diversos outros danos. Além disso, o descarte dos materiais usados para produzir o concreto comum exige técnicas específicas, resultando em uma maior produção de lixo.

Uma outra vantagem do concreto sustentável é o seu custo de produção reduzido, especialmente se comparado ao tradicional. Isso ocorre devido à facilidade em encontrar matérias-primas para produzi-lo, pois são materiais que não possuem outros fins — já que não podem ser utilizados em obras da maneira como se encontram. Assim, as empresas também se beneficiam, pois não precisam descartar os produtos no meio ambiente.

 

 


 

Confira as principais aplicações e como está a inserção desse tipo de material na construção civil atualmente. Clique aqui!

E então pessoal, gostaram de saber sobre arquitetura corporativa? Assunto bem bacana não é? Curta nossa fanpage, compartilhe com amigos e dê suas sugestões ou interaja nos comentários.

É a DR Engenharia, sempre com você!

Veja também: